Rondônia,15/04/2021
Outras

Semagric participa do Projeto “Sementes Agroecológicas” da Unir

A secretaria municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric) foi uma das participantes, através de seu engenheiro florestal Álvaro Moraes do Amaral, do projeto “Sementes Agroecológicas- Transformação Cidadã da Juventude do Campo na Amazônia”, desenvolvido pela Universidade Federal de Rondônia, através do Departamento de Engenharia de Pesca, financiado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA e em parceria com a Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Rondônia (Fetagro) e a Federação de Pescadores Artesanais e Aquicultores do Estado de Rondônia (Fepearo).

Foram quatro dias de atividades, sendo esse o segundo módulo do projeto. O engenheiro da Semagric realizou a oficina “Viveiros de Plantas e Fruticultura”, um tema que vem sendo muito destacado em Porto Velho devido ao trabalho realizado pela secretaria. “Estamos empenhados em realizar diversos programas voltados para a agricultura familiar de Porto Velho e a Fruticultura é um desses programas. Estamos incentivando cada dia mais os pequenos produtores, oferecendo a eles assistência técnica, melhorando a terra de suas propriedades, fazendo a destoca, gradagem e incorporação de calcário e ainda entregando agroindústrias como despolpadeiras de frutas.

Essas ações têm possibilitado não só o aumento da produção, mas principalmente vem agregando valor aos produtos destes agricultores. O que antes se perdia por falta de conhecimento, hoje se comemora a fartura. Temos no distrito de União Bandeirantes por exemplo uma grande produção de banana, em Nova Califórnia uma extensa produção de açaí, palmito e pupunha e ainda acerola, cajá e graviola que são vendidas em forma de polpas. A Semagric tem uma participação importante nesses distritos e nos projetos desenvolvidos voltados para a organização e melhoria de renda da população do campo”, relatou Álvaro Amaral.

As atividades do projeto aconteceram na sede da Fetagro, na linha 94-RO 472, no loteamento Jardim Cristóvão em Ji-Paraná. Outros assuntos também foram debatidos durante o módulo como a Homeopatia Animal; Quintais Agroecológicos; Soberania Alimentar; Sistema de Diminuição de Resíduos; Compostagem; Viveiros; Recuperação de Nascentes; Horticultura Orgânica; Granja e Gado e Sustentabilidade.

Também ocorreram visitas de campo a propriedades com experiências agroecológicas em Ouro Preto e em unidades produtivas no município de Mirante da Serra.

Texto: Assessoria Semagric

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close