DESTAQUESGeralOutrasPiscicultura

Técnicos realizam encontro para produzir material didático de piscicultura

A piscicultura em Rondônia cresceu e o estado já é o maior criador de peixes nativos de água doce do país. Os investimentos do governo estadual para o desenvolvimento da atividade produtiva resultaram numa produção de quase 90 mil toneladas de pescado ao ano, mas para garantir esse sucesso, o investimento agora é na capacitação de técnicos e material didático para o manejo e controle de doenças dos peixes.

Depois de ter capacitado os médicos veterinários para o prevenção e controle de doenças e parasitos dos peixes, a Secretária de Estado da Agricultura (Seagri), por meio do GT do peixe e sob a coordenação da Emater-RO, realiza com recurso do fundo FIDER/CONDER da Superintendência de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Suder) um encontro de técnicos e produtores dedicados a aquicultura, com pesquisadores da Embrapa e das universidades federais de Rondônia e Amazonas.

Juntos, estes profissionais devem elaborar uma cartilha e outros materiais didáticos, que irão orientar as boas práticas na piscicultura rondoniense.

O desenvolvimento da piscicultura em Rondônia, que teve crescimento na faixa de 10{b160333f6ceb1080fb3f5716ac4796e548b167cdf320724da9e478681421f6da} ao ano, segundo o IBGE, criou oportunidades de negócios, tanto no setor produtivo rural, quanto nas áreas comercial e industrial, atividades mais adaptadas aos aglomerados urbanos, e que geram inúmeros novos postos de trabalho, mas também revelou muitas carências que preocupam técnicos, produtores e o governo.

Uma das fontes de preocupação para a piscicultura é a pouca difusão de informações técnicas adaptadas para a produção sustentável de pescado na Amazônia, esta situação motivou a realização do encontro técnico, que começou nesta segunda e continuará até quarta feira dia 23 de agosto, neste período o grupo pretende elaborar material didático que será publicado pela Emater-RO no formato de cartilha didática, e alguns folders com orientações especificas para distribuição aos produtores de peixes do Estado.

 

Fonte

Texto: Enoque de Oliveira
Fotos: Irene Mendes
Secom – Governo de Rondônia

Compartilhar
Mostrar mais

Noticias relacionadas

Close