DESTAQUESPiscicultura

Dia de Campo mostra potencialidade da piscicultura para agricultura familiar

O dia de campo sobre piscicultura realizado pela Emater-RO no Km 10 da Linha 632, Porteira 860, no município de Jaru reuniu mais de 200 pessoas entre produtores rurais e jovens estudantes da Escola Pólo Municipal Marechal Cordeiro, da linha 619 daquela localidade. O evento foi realizado na propriedade dos agricultores Leonildo Pereira Neves e Maria de Lourdes Leal Neves, uma propriedade considerada referência na região.

 

A propriedade do casal Neves é uma propriedade licenciada que trabalha com produção diversificada das espécies tambaqui, pintado e pirarucu. A família possui uma área construída com 1,4 hectares de lâmina de água e produtividade de 10 toneladas. “Eles têm potencial para chegar a 17 toneladas com as orientações repassadas pela Emater”, diz a engenheira agrônoma Denise Bonfim, extensionista da Emater-RO que presta assistência ao casal.

Durante o dia de campo os participantes tiveram a oportunidade de, além de conhecer a propriedade, assistir palestras sobre temas técnicos como: Manejo e sanidade e Influência da qualidade da água na piscicultura. Para ministrar as palestras, a equipe contou com o apoio dos extensionistas José Edilson de Andrade (engenheiro agrônomo do escritório regional da Emater/Ji-Paraná) e Antônio Carlos Bonfim (biólogo e extensionista aposentado da Emater-RO), com grande experiência na área.

Também foi parceira na atividade a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) que enviou um técnico para falar sobre Regularização da atividade e emissão de GTP, além de contarem com o apoio da iniciativa privada local.

Wania Ressutti
Jornalista – SRTE/DRT/RO-959
Fotos: Esloc Jaru
EMATER-RO
Compartilhar
Mostrar mais

Noticias relacionadas

Close