DESTAQUESPiscicultura

RONDÔNIA NO CICLO DO CAMARÃO: CULTIVO INTENSIVO DE CAMARÃO NA AMAZÔNIA

Quando iniciamos a piscicultura no então Território Federal de Rondônia, através da então ASTER-RO, hoje EMATER-RO, poucos acreditavam que a criação de peixe poderia chegar ao nível de produção sustentável e em atingir ao patamar nas estatísticas pesqueiras e projetar Rondônia como o maior produtor de pescado no ranking nacional e se tornar em uma atividade primária que produz alimento com um montante de 100 mil toneladas de pescado, proveniente da piscicultura semi-intensiva e intensiva, de acordo com projeções do Governo, na safra 2016/2017,  e que contribui significativamente para a geração de emprego e renda, inclusão social e segurança alimentar.

Um certo dia nos perguntaram se a carcinicultura seria realmente a bola da vez para o estado de Rondônia e não pensei duas vezes e respondi na ponta da língua: se alguém tentar inviabilizar a implementação de projetos de carcinicultura em Rondônia é uma prova de insanidade e só temos a lamentar o nível de cegueira tecnológica que persiste em atuar nesta região — que não deveríamos em estar perdendo tempo em falar sobre este assunto  e sobre estes elementos inúteis que não têm nada a contribuir com Rondônia, muito pelo contrário, só sugam, subtraem e atrapalham.

Quando iniciamos os primeiros trabalhos de piscicultura no então Território Federal de Rondônia, nos idos de 1978, foi a mesma ladainha. Muitos criticavam que Rondônia não necessitaria de criação de peixes, em níveis de propriedades rurais, uma vez que os nossos rios eram piscosos, se pescavam peixes com a mão e que seria uma insanidade se incentivar a piscicultura.

Todos aqueles ferrenhos opositores estão calados e não falam uma só vírgula. Estão todos com as caudas entre as pernas, se assemelhando a cachorros que perderam a caça.

Nos procure, através de nossos contatos, abaixo explicitados, que te prestaremos todas as informações necessárias para que você participe deste EVENTO e inicie no começo do ano a criar camarão em sua propriedade.

Vamos falar sobre o que interessa:

ATENÇÃO! ATENÇÃO! ATENÇÃO! ATENÇÃO!

Atendendo a solicitações de vários empresários e de alguns piscicultores que pretendem atuar com a criação de camarão no estado de Rondônia, estamos agora com um pouco mais de experiência após atuar durante 12 meses junto aos Projetos de Camarão no estado do Ceará, especificamente nos municípios do Vale do Jaguaribe, com ênfase para os municípios de Jaguaruana e Aracati —  os maiores polos de cultivo de camarão do Ceará  para, agora, reunirmos com os mais interessados nesta atividade na Amazônia e, logo em seguida, implementarmos os primeiros projetos de cultivo semi-intensivo e intensivo no estado de Rondônia e região.

NOME DO EVENTO:

CULTIVO INTENSIVO DE CAMARÃO NA AMAZÔNIA

CARGA HORÁRIA: 24 HORAS/AULA

OBJETIVO GERAL: Capacitar profissionais, empresários, produtores rurais e piscicultores para implementar os primeiros projetos de carcinicultura no estado de Rondônia.

LOCAL DE REALIZAÇÃO:

PORTO VELHO – RO

PERÍODO:

A PARTIR DA SEGUNDA QUINZENA DE JANEIRO DE 2018.

INSTRUTORES DO EVENTO:

Me. ANTÔNIO DE ALMEIDA SOBRINHO
Engenheiro de Pesca (UFC-CE)
Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente (UNIR-RO).

Dr. YURI VINICIUS DE ANDRADE LOPES
Engenheiro de Pesca (UFRPE- PE)
Mestre e Doutor em Ciência Animal (UFERSA-RN); A CONFIRMAR

 

Me. HENRIQUE JORGE REBOUÇAS
Engenheiro de Pesca (UFC-CE)
Mestre em Carcinicultura (UFC-CE) A CONFIRMAR

PARTICIPAÇÕES:

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO ESTADO DE RONDÔNIA – CREA-RO — A CONFIRMAR

COMISSÃO EXECUTIVA DA LAVOURA CACAUEIRA DO ESTADO DE RONDÔNIA – CEPLAC – GERO –  A CONFIRMAR

ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE PESCA DO ESTADO DE RONDÔNIA – AEP-RO – A CONFIRMAR

ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS AGRÔNOMOS DO ESTADO DE RONDÔNIA AEARON-RO — A CONFIRMAR

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA – A CONFIRMAR

BANCO DA AMAZÔNIA S.A – BASA – A CONFIRMAR

FECOMÉRCIO DO ESTADO DE RONDÔNIA – A CONFIRMAR

INSCRIÇÕES ABERTAS:

CONTATOS:

WhatsApp:

069 9 9200-8124  Luisa Cabral Santos

069 9 9220-9736 Antônio de Almeida Sobrinho

As inscrições estão abertas para o Curso Básico:

CULTIVO INTENSIVO DE CAMARÃO NA AMAZÔNIA.

Faça hoje mesmo a sua inscrição e assegure sua vaga para participar deste evento.

Participe deste evento e transforme o seu sonho em realidade.

Participe e fique inteirado de todas as técnicas de cultivo intensivo de camarão.

Estamos esperando a sua chamada.

Antônio de Almeida Sobrinho escreve semanalmente nos seguintes Portais de Notícias:

www.gentedeopiniao.com.br

www.rondonotícias.com.br

www.newsrondonia.com.br

www.emrondonia.com.br

Blogspot ESPINHA NA GARGANTA

Fonte: Antônio de Almeida Sobrinho –

Compartilhar
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Close