DESTAQUESPecuária

Embrapa Rondônia leva tecnologias e informações para a Rondoleite

A Embrapa estará presente na primeira Feira do Agronegócio do Leite do Estado de Rondônia, a Rondoleite, que acontece nos dias 16 e 17 de novembro, em Ji-Paraná, no Centro Tecnológico Vandeci Rack – BR 364, Km 333, sentido Presidente Médici. Os portões estarão abertos a partir das 7h30 e fecham às 18h. Pesquisadores e técnicos da Embrapa estarão no evento com muitas informações e tecnologias para a cadeia produtiva do leite.

As atividades realizadas pela Embrapa acontecerão na área de sua vitrine tecnológica durante todo o dia. As oficinas começam já no dia 16/11, a partir das 16h, com o pesquisador da Embrapa Rondônia Pedro Gomes, com o tema “Benefícios do pastejo rotacionado”, o assunto se repete dia 17/11, às 16h30. Também neste dia, às 15h30, a pesquisadora da Embrapa Rondônia Juliana Dias tratará do tema “Estratégias para melhoria da qualidade do leite”. Estas atividades são abertas ao público e não precisam de inscrição prévia. Uma terceira oficina, também no dia 17/11, às 8h30, específica para técnicos, vai abordar a formulação de ração para gado leiteiro, com a pesquisadora da Embrapa Rondônia Ana Karina Salman.

Forrageiras resistentes às cigarrinhas e com alto valor nutricional

Na Vitrine Tecnológica da Embrapa os visitantes também poderão conhecer diversas cultivares de forrageiras, entre elas a BRS 331 Ipyporã e BRS Quênia, ambas da Embrapa e com parceria da Unipasto. A Ipyporã, que na língua guarani significa “belo começo”, é o primeiro híbrido de braquiária da Embrapa e é resultado do cruzamento de Brachiaria ruziziensis com Brachiaria brizantha. Ela reúne as melhores características de cada uma delas. Além do alto valor nutritivo, a forrageira destaca-se pela resistência a diferentes espécies de cigarrinhas. O capim BRS Quênia alia alta produtividade, fácil manejo e ótima qualidade de forragem. Apresenta ainda alta resistência a pragas e doenças, como às cigarrinhas das pastagens e a mancha das folhas.
Fórum Estadual da Qualidade do Leite

Embrapa, Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) e Ministério da Agricultura (Mapa) realizam, no dia 16/11, das 14h às 18h, o primeiro Fórum Estadual da Qualidade do Leite, voltado para gestores de indústrias lácteas. Neste evento serão discutidas a Rede de Laboratório de Qualidade do Leite, a situação da qualidade do leite em Rondônia e o Programa Leite Saudável. As atividades serão realizadas no auditório central do Centro Tecnológico.
Produção do leite em RO

O Estado de Rondônia é o maior produtor de leite da região Norte, com cerca de 42{b160333f6ceb1080fb3f5716ac4796e548b167cdf320724da9e478681421f6da} da produção (IBGE, 2017), o nono do País e são produzidos mais de 2 milhões de litros/dia. Esta atividade possui grande relevância social e econômica, sendo importante fonte de geração e distribuição de renda. Segundo dados da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril de Rondônia (Idaron, 2016), 34 mil produtores estão diretamente envolvidos com esta atividade caracterizada como de base familiar.

Rondônia também possui o maior parque industrial de processamento de leite da região Norte. Isso significa que, com o aumento expressivo da produção o estado tem capacidade instalada para atender essa demanda. São 51 plantas industriais com o Serviço de Inspeção Federal (Mapa, 2015) e 23 com Serviço de Inspeção Estadual (Idaron, 2015) instaladas no estado, contribuindo para a modernização do setor.

Renata Silva (MTb 12361/MG)
Embrapa Rondônia

Telefone: (69)3219-5011/5041

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Compartilhar
Mostrar mais

Noticias relacionadas

Close