Rondônia,18/11/2018
DESTAQUESGeralOutrasPecuáriaVídeos

Fazenda 7 Estrelas utiliza fezes e a urina dos animais como fertilizante nas pastagens

As urina e as fezes do curral são enviadas direto para uma caixa de decantação e depois são espalhadas nas pastagens

A Fazenda 7 Estrelas iniciou mais um desafio com o intuito gerar economia com adubo, e ao mesmo tempo superar um passivo ambiental na propriedade, a partir do armazenando e processando da urina e das fezes das vacas leiteiras, produzindo o Chorume para a fertilização das pastagens.
O adubo orgânico possui macronutrientes e micronutrientes, substitui o fertilizante químico e favorece a reprodução das pastagens.

Tendo mais pasto, a Fazenda 7 Estrelas aumenta o número de vacas na propriedade que é referência no estado em produção e comercialização de matrizes leiteiras.
O criador Mauricio Rafael Consedel Bauer, proprietário da Fazenda 7 Estrelas, executa o programa de distribuição do fertilizante orgânico em uma área selecionada para manejo do gado que ele dispõe na fazenda Rafael iniciou o processo no ano passado, primeiro construindo fossas para armazenar as excretas que escorriam do piso das duas leiterias do curral.Os Animais são levados para a ordenha no curral duas vezes por dia.

As excretas dos animais que são ricas em adubo e nitrogênio são lavadas e canalizadas do curral para uma fossa, e depois de estar fermentadas, naturalmente, são lançadas em uma área de pastagem selecionada para o manejo. Até que a caixa encha o composto é fermentado.

Rafael Bauer disse que decidiu acelerar o processo de aproveitamento das fezes e da urina do curral ao verificar que toda essa matéria orgânica produzida no curral ia se perdendo, escorria para a área de pastagem, de maneira que a propriedade já registrava 1 alqueire de área perdida pelo acumulo de esterco e urina. “Eu já decantava esse chorume em fossas, mas as fossas iam enchendo, derramando e causava danos à propriedade. Hoje, eu resolvo o problema do meio ambiente e resolvo também a questão do adubo porque é muita matéria orgânica e nitrogênio que eu aproveito na pastagem”, ensina o criador.

Os animais urinam oito a 12 vezes por dia e defecam de 11 a 16 vezes. A água utilizada para lavar as fezes e a urina produzem naturalmente o Chorume que é aplicado na pastagem com emprego do distribuidor conhecido por chorumeira e também por esterqueira.

Uma pequena quantidade de ureia é aplicada dentro da chorumeira com capacidade para 4 mil litros.
Rafael Bauer avalia que, com esse projeto, a Fazenda 7 Estrelas está desenvolvendo a atividade agropecuária com equilíbrio, e destaca também a economia gerada na propriedade com o adubo orgânico produzido com o chorume.

Fonte: Correio Central

Fotos: Edilson Rodrigues

 

Compartilhar
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Close