Rondônia,18/06/2019
AgronegócioBrasilBusinessDESTAQUESGeralOutras

USDA prorroga prazo para agricultores solicitarem ajuda do governo

Os pagamentos diretos a agricultores afetados por disputas comerciais vão totalizar US$ 9,6 bilhões, dos quais US$ 7,3 bilhões serão destinados a produtores de soja

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) informou que vai prorrogar o prazo para que agricultores prejudicados por disputas comerciais solicitem pagamentos do governo. O prazo final para inscrição no programa de ajuda era 15 de janeiro, mas a paralisação do governo federal impediu que muitos produtores rurais se inscrevessem. “Vamos prorrogar o prazo de inscrição pelo número de dias úteis que a Agência de Serviços Agrícolas permanecer fechada, assim que a paralisação terminar”, disse o secretário de Agricultura dos EUA, Sonny Perdue. “Produtores que já se inscreveram e certificaram sua produção de 2018 continuam recebendo os pagamentos.”

Os pagamentos diretos a agricultores afetados por disputas comerciais vão totalizar US$ 9,6 bilhões, dos quais US$ 7,3 bilhões serão destinados a produtores de soja.

Relembre o caso 

O Departamento de Agricultura norte-americano (USDA) informou que o plano de três partes, que inclui um programa de facilitação do mercado, um de alimentos e excedentes e um de promoção comercial, seria um estímulo único para os agricultores que sofrem o impacto das tarifas de retaliação contra o setor agrícola dos Estados Unidos.

O pacote de ajuda vem de mecanismos existentes e não requer aprovação do Congresso. Vários legisladores, incluindo muitos do partido republicano, do presidente Donald Trump, rejeitaram o plano e pediram soluções de longo prazo que beneficiem os agricultores norte-americanos e honrem as relações comerciais.agri.

Por Estadão Conteúdo

Compartilhar
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Close