Rondônia,20/09/2019
AgronegócioBrasilDESTAQUES

Emater estimula produtor rural com premiação de R$ 16 mil em concurso leiteiro durante a 40ª Expojipa

O pequeno produtor da região Central está sendo estimulado a participar do concurso leiteiro que ocorrerá durante a 40ª Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Ji-Paraná (Expojipa), que acontece de 18 a 22 de setembro no parque de exposições Hermínio Victorelli, em Ji-Paraná.

O leite é um dos impulsionadores da economia de Rondônia

Nas categorias vaca e novilha, o concurso oferece R$ 8 mil em dinheiro aos vencedores de cada categoria.

Organizado e realizado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) em parceria com a Associação Rural de Rondônia (ARR), o concurso leiteiro é exclusivo à agricultura familiar. Os organizadores esperam superar o recorde de 2018, que foi de 3,050 litros produzidos em nove ordenhas em 18 animais de 14 sitiantes.

A produção leiteira em Rondônia vem crescendo graças ao estímulo do governo estadual por várias frentes de fomento. Uma delas são por meio dos técnicos da Emater que orientam os produtores sobre a importância da genética, bons tratos, sanidade e alimentação adequada aos animais.

“O leite é uma expressiva fonte de renda aos produtores da agricultura familiar. Nosso papel é orientá-los a conduzir o rebanho de maneira que o lucro cresça”, explica o gerente do escritório regional da Emater em Ji-Paraná, o agrônomo Antônio de Assis Furtado.

Só no primeiro trimestre de 2019 Rondônia registrou 25,5% da produção leiteira realizada durante todo o ano anterior, segundo dados do IBGE. O produtor interessado em participar do concurso leiteiro deve se dirigir ao escritório da Emater do Território Central da Cidadania mais próximo para formalizar o pedido de participação.

Além do concurso leiteiro durante a Expojipa, a Emater manterá um escritório no parque de exposições para orientar o pequeno produtor em várias áreas do setor produtivo. “Nossos técnicos estarão disponíveis na feira para tirar dúvidas e explicar aos visitantes interessados tudo sobre as cadeias produtivas rondonienses, como café, peixe, gado de corte e leiteiro, dentre outras culturas que fomentem o desenvolvimento”, ressaltou Antônio de Assis.

Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Elaine Pereira

Compartilhar
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Close