Rondônia,20/02/2020
DESTAQUESGeralOutras

Exposição de produtos da agricultura familiar ganha calendário fixo no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho

Um calendário com datas definidas durante todo o ano foi criado, o que ajuda na programação da agroindústrias e do servidor público que visita a exposição e aproveita os preços praticados direto por quem produz.

Para dar maior visibilidade e movimentar a economia da agricultura familiar, o governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), montou o calendário 2020 de Exposição da Agroindústria e Artesanato no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho. Veja o tabela ao lado.

A primeira exposição na sede do Poder Executivo aconteceu em novembro do ano passado, durante a entrega de maquinários e equipamentos do governo do Estado aos municípios rondonienses.

Duas edições já aconteceram com a participação de cerca de 30 produtores de vários municípios do Estado. Além de produtos como, iogurte, queijo, produtos de panificação e apicultura, a exposição oferece também uma variedade de artesanatos que valorizam a cultura de Rondônia.

De acordo com o secretário da Seagri, Evandro Padovani, a ideia da exposição é mostrar o potencial do Estado neste setor. “Essa é uma oportunidade para os produtores mostrar e comercializar seus produtos e ter acesso ao novos mercados. Quando vimos a movimentação positiva na primeira edição, levamos ao conhecimento do governador coronel Marcos Rocha que, imediatamente, apoiou a iniciativa para a continuidade da feira que, agora, passa a ser realizada mensalmente”.

Um calendário com datas definidas durante todo o ano foi criado, o que ajuda na programação da agroindústrias e do servidor público que visita a exposição e aproveita os preços praticados direto por quem produz. “Essa é uma forma de mostrar para a sociedade a diversidade e a qualidade dos produtos vindos das agroindústrias de Rondônia”,  afirma Padovani.

AGROINDÚSTRIA FAMILIAR

Rondônia conta com mais 500 agroindústrias familiares que utilizam matéria-prima da produção agrícola da região. A exposição é uma forma de estimular a geração de emprego e renda bem como o aquecimento da economia local.

CRITÉRIOS

A exposição é uma vitrine, com critérios para a participação, são eles:

-Possuir o Selo Prove, um registro que identifica que a produção é oriunda da agricultura familiar

– Preço justo

– Qualidade dos produtos

– Histórico na participação de eventos e qualidade de atendimento

“Tudo para garantirmos e continuarmos o sucesso na exposição. A procura por alimentos direto do campo faz com que os consumidores procurem cada vez mais as feiras, em buscas de produtos saudáveis. Com a exposição da Agroindústria Familiar e Artesanato de Rondônia, mensalmente, o consumidor terá a garantia de levar para a mesa produtos de qualidade”, disse Victor Paiva, coordenador da Agricultura Familiar.

Fonte
Texto: Antonia Lima
Fotos: Daiane Mendonça
Secom – Governo de Rondônia

Compartilhar
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Close