Rondônia,11/07/2020
DESTAQUESGeralOutrasPecuária

Em um mês de campanha, mais de 80 mil produtores rurais de Rondônia declararam o rebanho bovino

a agropecuária é um dos setores mais importantes da economia rondoniense e teve sua participação, no valor adicionado ao Estado.

O Governo do Estado de Rondônia, por intermédio da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), lançou neste mês de maio, a campanha “Declare seu Rebanho”. A campanha é voltada para todos os produtores rurais, que fazem a criação de rebanhos bovino, bubalino, suíno, caprino, ovino (animais suscetíveis à Febre Aftosa), além de equídeos e aves, sendo obrigatório declarar seus rebanhos e manter o cadastro atualizado junto à Idaron.

Em menos de um mês de campanha, foram mais de 80 mil produtores rurais de Rondônia que já fizeram a declaração de rebanho, sendo um saldo positivo, em meio a pandemia da Covid-19 e em comparação a declarações realizadas em etapas anteriores, o que se atribui a possibilidade do produtor fazer a sua parte sem precisar sair de casa, declarando via internet, WhatsApp e, partir de 1º de junho, através de ligação telefônica gratuita. Porém, ainda falta 34% dos criadores de rebanho fazer a declaração em todo o Estado.

A campanha tem recebido importante reforço das Secretarias do Governo de Rondônia, dentre outras a Seagri e Casa Civil, além de entidades governamentais como a Emater e não-governamentais (Fefa e Faperon) ligadas ao agronegócio rondoniense.

Recentemente, a campanha foi prorrogada até o dia 30 de junho, de acordo com a Portaria nº 317, publicada no dia 11 de maio, mas a expectativa da Idaron é que toda a declaração seja finalizada antes do prazo final.

“É uma determinação do governador Marcos Rocha, que os riscos de exposição ao coronavírus, tanto para o pecuarista como para o servidor da Agência sejam minimizados, devendo ser evitado aglomeração de pessoas nas unidades do Estado e, para tanto, o Governo estendeu o prazo para que todos os produtores tenham tempo de fazer a declaração por meio remoto, seja por telefone ou internet”, explica o médico veterinário e presidente da Idaron, Júlio Peres.

De acordo com dados da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), divulgados em novembro de 2019, a agropecuária é um dos setores mais importantes da economia rondoniense e teve sua participação, no valor adicionado ao Estado, elevada de 13,9% para 15%, além de ter crescido 19,6% em volume, entre 2016 e 2017.

Call Center

A partir de 1º de junho, a Agência Idaron disponibilizará o serviço de call center (0800-643-4337) aos produtores rurais que optarem por fazer a declaração do rebanho por telefone, sendo mais uma opção e facilidade para todos os criadores. Por questões de segurança, somente o proprietário da ficha ou seu procurador, poderá declarar o rebanho, cuja conversa será gravada, garantindo a legitimidade da declaração.

“O produtor terá a facilidade de declarar o rebanho de casa, sem precisar se deslocar até a unidade da Idaron da sua localidade. Teremos atendentes que estarão auxiliando e tirando dúvidas daqueles que desejam fazer a declaração, além de atualizar a ficha cadastral junto à Agência Idaron”, disse o diretor executivo da Idaron, Licério Magalhães. O horário de atendimento do call center será de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30.

Fonte: Assessoria Idaron

 

Mostrar mais

Notícias relacionadas

Close